Tech News/Magazine Website

O que são casas autossuficientes?

Decidir construir uma casa é um grande passo, sendo necessário avaliar diversos fatores importantes, como contratar mão-de-obra especializada, realizar o projeto estrutural, comprar os materiais, etc. Além disso, existem ainda aqueles que decidem dar um passo a mais e criar uma casa autossuficiente. Esse modelo vem conquistando cada vez mais pessoas, visto que promove diversos benefícios para os próprios moradores, meio ambiente e sociedade. Portanto, se você não conhece as casas autossuficientes, não deixe de acompanhar o post de hoje até o fim e entenda mais sobre o assunto.

O que são casas autossuficientes? 

Também conhecidas como casas autônomas, elas nada mais são do que construções que fornecem e aproveitam a maior parte dos recursos necessários para seu funcionamento. Portanto, elas não dependem de fornecedores externos de energia elétrica, água, gás, alimentos ou outros recursos. 

Nesse sentido, uma casa desse tipo utiliza sistemas de captação de energia sustentável, suporta a captação de água da chuva e ainda possui um sistema de ventilação natural. Além disso, outra característica é a utilização de produtos reciclados durante a construção. Afinal, aqui também há a preocupação com o descarte e reaproveitamento de resíduos. Justamente por isso, é comum que as casas nesse estilo tenham um sistema de compostagem e reciclagem. 

Quais aspectos estão presentes nas casas autossustentáveis?

Cada casa autossuficiente será construída e projetada de formas diferentes, visto que tudo irá depender do clima, localização e, claro, as necessidades dos moradores. Mas, é fato que todas elas devem contar com alguns aspectos. Confira abaixo quais são eles:

Energia elétrica

As casas autossuficientes contam com energia solar, uma das fontes renováveis mais eficientes para abastecer uma casa. Os painéis fotovoltaicos são instalados no telhado e geram energia suficiente para operar luzes e aparelhos eletrônicos. Além disso, em muitos casos, as casas até mesmo fornecem energia de volta à concessionária depois de suprir suas próprias necessidades. 

Água

O abastecimento de água também precisa ser considerado nesse modelo, sendo que algumas casas podem optar pelo sistema de poço ou cisterna para fornecer água potável. Vale lembrar ainda que incluir um sistema de captação de água da chuva é essencial, pois essa técnica permite acumular e reutilizar a água da chuva. A partir disso, é possível regar plantas, lavar roupas, encher a piscina e limpar a casa, por exemplo. 

Gás

Resíduos orgânicos, como restos de alimentos, assim como fezes de animais ou pessoas, podem ser ótimos geradores de gás de cozinha. Por meio do biodigestor, um sistema muito utilizado em áreas rurais, como fazendas e granjas, os resíduos gerados pelos moradores são transformados em gás de cozinha e fertilizantes para hortas e jardins. Inclusive, já existem biodigestores domésticos e elaborados justamente para casas autossustentáveis. 

Alimentos

Por fim, mas não menos importante, cultivar frutas e vegetais orgânicos é uma excelente pedida para quem quer ter uma casa autossuficiente. Ainda que exija esforço e dedicação, ter uma horta no quintal ou terraço é algo que vale a pena, tanto para se distrair, quanto para o bem-estar. Afinal, cultivar os próprios alimentos faz com que os moradores se tornem mais independentes de supermercados. Além disso, os alimentos serão mais saudáveis, visto que não terão contato com agrotóxicos e outras substâncias maléficas para nosso organismo. 

Então, agora que você sabe o que são casas autossuficientes, já pode conversar com o arquiteto e engenheiro para entender como construir a sua própria. É importante lembrar que esse modelo está se popularizando ao redor do mundo, sendo uma ótima maneira de contribuir com o meio ambiente, além de economizar a longo prazo e morar em uma casa que irá contribuir com sua qualidade de vida

Comentários estão fechados.